Publicidade

Controle Contabilidade

;

SUPER SHOW GOMES

sábado, 30 de junho de 2012

Politica em Nova Cruz - PV


aconteceu ontem dia 29/06/2012 a Convenção do PV de Nova Cruz, pela manhã parte cartorial, e a tarde homologação das candidaturas.

                    O Presidente da comissão provisoria do partido verde de nova cruz joão pedro da costa saúda os convencionais/  
Foto
presidente joão pedro da costa, o joão da praça
Foto: aconteceu a Convenção do PV de Nova Cruz, pela manhã parte cartorial, e a tarde homologação das candidaturas.
estava presente dr. Cid arruda
Foto
Foto
presença da populaçaõ
Foto

Foto
Diogo cruz, Serginho de novinho, nil,  joanadarc, Afrânio
Foto
os candidatos a vereador, Aguinaldo cabeleireiro , Jean, Betinho da conceição 
Foto: aconteceu a Convenção do PV de Nova Cruz, pela manhã parte cartorial, e a tarde homologação das candidaturas. a presença de germano targino
marcou presença também, germano Targino

terça-feira, 19 de junho de 2012

Politica em Montanhas/RN

Aconteceu ontem na cidade de Montanhas a Convenção Municipal do Partido Verde - PV de Montanhas, realizada na Escola Municipal Belorizonte, as 19:30 onde foi homologado as candidaturas da candidata a Prefeita Adriana Cruz, Vice-Prefeita Maria Marcionila da cruz, ainda foi escolhidos os candidatos a Vereadores, Maria Diandra da Cruz, Márcia Rosangela e Paulo Vieira.

Contamos com presenças de varias lideranças locais, presença de alguns componentes do PV de Nova Cruz, o Diretório Estadual do PV foi representado pelo Dr. Carlos Paiva Secretario de Assuntos Jurídicos do PV, Secretario Municipal de Segurança de Natal e membro da Executiva Nacional.

CRÉDITOS DAS FOTOS: Zé Lima




 Wesley e Rafaelzinho
 Adriana no seu discurso falando sobre o Plano de Governo


 Zé Aldo, Joana Darc, Afranio, Adriana, Marcionila, Carlos Paiva 
 PV de Nova Cruz
Diandra, Carlos Paiva, Márcia, Adriana Marcionila e Paulo

O Cantor Fernando Luiz lança Livro em Nova Cruz/RN


“Ser artista num palco, não é fácil; ser artista no palco da vida, lutando pela sobrevivência, é muito mais difícil”. É com essa mensagem que o cantor, compositor e agora escritor Fernando Luiz convida todos os seus amigos de Nova Cruz a participarem do lançamento de seu livro “Vida de Artista”.

O lançamento acontecerá no dia 20 de junho (quarta-feira) na Loja Maçônica de Nova Cruz, com o horário marcado para as 20 horas. O evento é aberto para todos.


Vamos prestigiar esse ilustre filho de Nova Cruz em mais um desafio em sua carreira.

Informações: (84) 9181-3838 / 9954-6271

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Marketing Politico e Assessoria para Candidatos


 Serviços:

Fazemos todo o processo de organização de sua campanha:

ü  CONFECÇÃO DE MATERIAL, banners, pintura em muros, santinhos, retratos, outdoor e etc;
ü  PALESTRAS;
ü  CONTRATOS E RECIBOS;
ü  ABERTURA DE CONTA BANCARIA;
ü  PRESTAÇÃO DE CONTA DA CAMPANHA ELEITORAL;
ü  COORDENAÇÃO DE CAMPANHA ELEITORAL PAR VEREADOR E PREFEITO;

DOCUMENTOS:

ü  CONTRATOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS;
ü  CONTRATOS DE PUBLICIDADES E ECT;

PROJETOS:

ü  PROJETOS CULTURAIS;
ü  PROJETOS ESPORTIVOS E ETC.

Evite problemas futuros,

Visite-nos no nosso escritotrio: Rua: 13 de Maio, nº 47

Afrânio Patricio
(84) 9417-0910 / 9919-4879 / 8860-2933


            afranioproducoes@yahoo.com

domingo, 3 de junho de 2012

Politica em Nova Cruz/RN - PV - Partido Verde

A convite do amigo Aguinaldo cabeleireiro, o PV esteve em sua residencia para fazer parte da inauguração de sua nova residencia, esteve também presente o amigo Jonas empresario do ramo da construção civil, vimos aqui em publico agradecer pelo convite ao Aguinaldo e Família pela recepção.

A aproveitando o ensejo da comemoração, fizemos uma pequena reunião para tratar de assuntos relacionados a convenção do PV, então, ficando decidido que a Convenção será dia 29 de Junho/12, na Câmara Municipal de Vereadores aparti das 09h 30 mm, diante mão estão todos convidados para participar da nossa convenção.
Créditos das Fotos: Afrânio Patricio

 

 

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Informativo TSE


Assessoria Especial (Asesp)       Ano XIV – No              14 Brasília, 21 a 27 de maio de 2012


SESSÃO ORDINÁRIA

Campanha eleitoral. Doação. Pessoa jurídica. Participante. Capital social. Concessionária de 
serviço público. Ação cautelar. Plausibilidade.

Nos termos do inciso III do art. 24 da Lei nº 9.504/1997, é vedado a partido e a candidato 
receber, direta ou indiretamente, doação de concessionário ou de permissionário de serviço 
público.
No caso, o Tribunal Superior Eleitoral entendeu ser plausível a alegação de que a empresa 
controladora de concessionária de serviço público, por possuir personalidade jurídica distinta, 
não está abrangida pela vedação constante do inciso III do art. 24 da Lei nº 9.504/1997.
Em face desse contexto, o Tribunal suspendeu os efeitos da condenação por captação ilícita de 
recurso até a apreciação da matéria pela Corte.
Nesse entendimento, o Tribunal, por unanimidade, desproveu o agravo regimental.
Agravo Regimental na Ação Cautelar nº 44-93/GO, rel. Min. Arnaldo Versiani, em 22.5.2012.
______________________________________________________________________
Prestação de contas. Partido político. Vícios insanáveis. Desaprovação.  Prescrição 
quinquenal. Prequestionamento. Ausência.

De acordo com o art. 4º da Res.-TSE nº 21.841/2004, o partido político deve manter contas 
bancárias distintas para movimentar os recursos financeiros do Fundo Partidário e os de outra 
natureza.

Na espécie, o partido político transferiu recursos do Fundo Partidário para a conta bancária na 
qual se movimentavam outros recursos, o que configura vício de natureza insanável, pois 
prejudica a aplicação dos procedimentos técnicos de exame, o conjunto da análise  contábil e 
os demonstrativos da prestação de contas, não refletindo adequadamente a movimentação 
financeira.

Além disso, a conduta viola diretamente o inciso II do art. 14 da Res.-TSE nº 21.841/2004, que 
exige a apresentação de demonstrativo de receitas e despesas, com distinção entre a aplicação 
de recursos do Fundo Partidário e a aplicação de outros recursos. Viola também o inciso I do 
art. 33 da Lei nº 9.096/1995, que dispõe que os balanços devem conter a discriminação dos 
valores e a destinação dos recursos oriundos do Fundo Partidário.

Na conta anual do partido político ficou demonstrada a aplicação irregular de recursos oriundos 
do Fundo Partidário e, ainda, a ausência de movimentação de recursos por meio de conta 
bancária, contrariando o § 2º do art. 4º e o art. 10 da Res.-TSE nº 21.841/2004.

Todas as falhas apontadas comprometem a regularidade das contas, configurando vícios 
insanáveis que acarretam a desaprovação das contas.

Quanto à incidência da prescrição quinquenal prevista no § 3º do art. 37 da Lei nº 9.096/1995, o 
Tribunal, por maioria, entendeu não ser aplicável à espécie, visto que a matéria não foi 
examinada pela Corte de origem, faltando o indispensável prequestionamento, a teor das 
súmulas nos 282 e 356 do Supremo Tribunal Federal.

O Ministro Dias Toffoli, em divergência, votou no sentido de aplicar a prescrição quinquenal ao 
caso e prover o agravo regimental.

Nesse entendimento, o Tribunal, por maioria, desproveu o agravo regimental.
Agravo Regimental no Agravo de Instrumento nº 12.252/RS,  rel. Min. Arnaldo Versiani, em 
24.5.2012.