Publicidade

Controle Contabilidade

;

SUPER SHOW GOMES

domingo, 2 de outubro de 2011

FOTOS DE ÉPOCA DE NOVA CRUZ

foto 1, nossa família reunida em Natal,RN na casa do meu irmão Severino.Foto 2 casamento de Edite Duarte e Antônio Fabrício, na Matriz N S da Conceição, Nova Cruz,foto3, Dora Duarte com 7 anos,foto4 Dora Duarte recente(só para comparar a diferença) foto5, meu pai José Duarte, meu tio Manuel Duarte e o primo marinheiro Aristide. Foto 5, Edite na rua 13 de maio, grávida do Rubens e segurando na mão do filho Raílson.

Talvez você conheça a história da Barra do Geraldo, antes lugarejo que pertencia à Nova Cruz, hoje a Passe e fica. Quem fundou foi o meu bisavô pai da minha avó, Manuel Geraldo, hoje homenageado com o seu nome no estádio de futebol, escolas etc...

O meu tio Sebastião, na década de 60, fazia o transporte do povo da Barra para feira de Nova Cruz, todas as segundas-feiras.
Então é isso, a minha colaboração com a história de Nova Cruz.

Cordialmente: Dora Duarte.







Olá Afrânio, sou filha da cidade de Nova Cruz, aí foi o meu chão onde eu brinquei com terra e carreguei muitas latinhas de água dos barreiros. Fiquei feliz em ver algumas fotos de época. Atualmente moro em Florianópolis, SC. Sou escritora, poetisa e contadora de história. O meu primeiro livro eu narro toda a minha infância que passei em Nova Cruz e em João Pessoa.


Na verdade o que eu queria mesmo, seria uma troca de conhecimentos, sou muito apegada as raízes e a fotos antigas. Quem sabe se você não se lembra da minha família: minha mãe, Maria Inácia Cardoso, meu pai José Duarte Cardoso era fogueteiro na década de 50, foi também sacristão do Padre Pedro (seus pais eram meus padrinhos de batismo). Meu irmão mais velho era o Ambrósio Duarte Cardoso que morreu aos 15 anos afogado em maio de 1950, no rio  e na época tocava na banda de música de jovens da cidade. Meus irmãos Severino Duarte Cardoso e Geraldo Duarte Cardoso, minha irmã mais velha foi professora aí: Edite Duarte Cardoso... A gente morava no alto São Sebastião, conhecia dona Joanita a prefeita de Nova Cruz.

Quem sabe se você não tem alguma foto do Ambrósio na banda de música... A que eu vou anexar aqui, foi tirada em frente a nossa casa no Alto São Sebastião em 1958, até então, eu estava com 7 anos. eu sou esta menina maior com cara de índia e é sobre ela( a menina Cidora) "que eu conto em “A menina que não sabia que podia sonhar” publicado no ano de 2010. As histórias dela fizeram sucesso, ficou famosa, contada na roda de história na UFSC, portanto, fui aconselhada a escrever. Breve em de 2 semanas estarei lançando mais outra obra minha.

Cordialmente: Dora Duarte (Maria Auxiliadora Duarte)

Nenhum comentário:

Postar um comentário