Publicidade

Controle Contabilidade

;

SUPER SHOW GOMES

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Política no Rio Grande do Norte

Governadora anuncia obras de saneamento em 18 municípios e reafirma meta de sanear 80% do RN
Prioridade máxima para o saneamento. Esta foi a palavra de ordem da governadora Rosalba Ciarlini ao abrir a 3ª Reunião Ordinária da Associação Brasileira de Empresas de Saneamento Estaduais (Aesbe), nesta sexta-feira (5), no Ocean Palace Hotel, na Via Costeira, em Natal. Diante dos dirigentes das companhias estaduais do setor, ela reafirmou que a meta da sua administração é elevar a cobertura de esgotamento sanitário para 80% em todo o Rio Grande do Norte para os próximos quatro anos. Durante o encontro, que conta com a presença de representantes do Ministério das Cidades, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e da Caixa Econômica Federal, ela anunciou a realização de obras de saneamento em 18 municípios.
Segundo a governadora, com a conclusão das obras de saneamento em andamento ou com recursos assegurados, o Rio Grande do Norte irá ampliar a cobertura de esgotamento sanitário dos atuais 22% para 58%. Em Natal, este índice saltará de 34% para 71%. Ao ser questionada se o Estado tem condições de atingir a meta de 80% de esgotamento sanitário em quatro anos, Rosalba Ciarlini foi enfática: “Este é um objetivo ambicioso, mas para quem, quando prefeita, ampliou os índices de acesso da população a esses serviços de 8% para mais de 60%, entendemos ser possível alcança-lo”, ressaltou.
O diretor-presidente da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), engenheiro Walter Gasi, reforçou a importância desta meta de governo e adianta que o volume de investimentos necessários para atingí-la chega a R$ 2,1 bilhões. “Sabemos da dimensão deste desafio e por isso, estamos indo buscar esses valores junto ao governo federal”, ressaltou Gasi. Segundo ele, Natal receberá 56% do montante de recursos destinados a obras de saneamento básico (R$ 450 milhões dos R$ 800 milhões já assegurados). “Antes da Copa de 2014, Natal terá uma das maiores coberturas de esgotamento sanitário do Nordeste e do país. Os valores que estamos investindo no Rio Grande do Norte para transformar em realidade todos esses avanços está acima da média do que se está fazendo no Norte e Nordeste”, observou Gasi.  
Dentre as obras de saneamento retomadas ou que serão iniciadas pelo governo estão a ampliação e melhoria do Sistema de Distribuição de Água de Mossoró, Adutora Barragem Santa Cruz/Mossoró, Estação de Tratamento de Esgotos das Zonas Sul e Oeste de Natal (ETE Guarapes) e a ETE da Zona Norte de Natal. Em Natal, as obras beneficiam os bairros de Morro Branco, Nova Descoberta, Mãe Luíza, Capim Macio, San Vale, Felipe Camarão, Guarapes, Cidade Nova, Bom Pastor, Redinha e Planalto. “Uma das obras mais importantes para a capital e que representa a solução para o problema de teor de nitrato na água distribuída nos bairros de Gramoré e Pajuçara, na Zona Norte, é a captação e adutora do Rio Doce, que será concluída ainda este semestre”, enfatiza o presidente da Companhia.
Além de Natal, o Programa Estadual de Saneamento tocado pelo governo do RN executa obras de esgotamento sanitário em Mossoró, Assu, Pau dos Ferros, São José de Mipibu, Goianinha, Canguaretama, Nova Cruz, Jardim de Piranhas, Caicó, Macaíba e João Câmara. “Estamos ampliando e efetivando melhorias nos sistemas de abastecimento de água em Parnamirim, Patu, Caraúbas, Macaíba, Santo Antônio, Várzea, Passagem e Assu”, ressaltou Walter Gasi durante sua exposição aos demais dirigentes de Companhias de Saneamento do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário