Publicidade

Controle Contabilidade

;

SUPER SHOW GOMES

sábado, 4 de junho de 2011

PDT instala diretório de Natal

Carlos Eduardo: “PDT não vai recusar apoio, nem nenhuma aliança”

 O PDT instalou neste sábado (4) o seu novo diretório municipal em Natal. Um passo importante para preparar a legenda para a disputa eleitoral na capital, em 2012, conforme ressaltou o presidente estadual do partido, ex-prefeito Carlos Eduardo. O fechamento de alianças, explicou o dirigente durante a convenção partidária, virá numa etapa posterior. Em pronunciamento, ele deixou claro que o PDT natalense está autorizado a dialogar com qualquer força política que esteja sintonizada com sua linha programática.
 “Eleição é um processo. Estamos em 2011 e nossa estratégia, agora, é organizar o partido e fortalecer nossa militância. Ano que vem é que vamos buscar as alianças políticas, com base nas nossas afinidades. Quanto chegar esse momento, não vamos transigir em nossos princípios. Porém, não vamos recusar apoios”, destacou Carlos Eduardo, dirigindo-se aos correligionários e aliados que lotaram o mini-auditório montado na nova sede do PDT potiguar, em Natal.
 Embora com a cautela de evitar transformar a convenção partidária num evento de lançamento de candidatura, Carlos Eduardo reconheceu que o PDT está “bem situado” no processo informalmente já em curso para o pleito à Prefeitura de Natal. “Todas as pesquisas divulgadas até agora nos colocam em primeiro lugar, muito distantes do segundo e do terceiro lugares”, lembrou ele. Que prosseguiu: “Há um desejo da maioria dos natalenses pela nossa eleição, mas esta é uma discussão ainda incipiente, pois estamos em 2011. Só vamos ter uma maior vivência desse processo no ano que vem. Pelos estímulos que temos recebido, evidentemente o PDT guarda boas expectativas para a eleição de 2012”.
 O presidente pedetista reiterou que o caminho natural para o seu partido é a construção de alianças. Mas fez questão de afirmar que isto não impõe condicionantes para a legenda perseguir seus objetivos. Ele usou o exemplo da eleição de 2010, quando foi candidato a governador: “Se não for possível contar com muitos aliados e tiver que ir para a rua sozinho, o PDT vai. Até porque já fez isso em todo o Estado. Por que não o faria aqui em Natal”?
 Apesar de Carlos Eduardo não assumir ainda sua possível candidatura, a perspectiva de ele concorrer novamente à Prefeitura de Natal foi citada nas falas dos correligionários que discursaram durante a convenção. Invariavelmente, em tom de incentivo.
 O novo presidente do PDT em Natal, advogado Ricardo Pinto, por exemplo, ressaltou que Carlos Eduardo reúne “competência administrativa, experiência e apelo popular”. “Estes três elementos formam o eixo que consolida uma candidatura e a leva a ganhar eleições”, definiu ele.
Várias lideranças políticas participaram da convenção do PDT, entre elas o deputado estadual Agnelo Alves (PDT), o vereador George Câmara (PCdoB), o advogado Joanílson de Paula Rego (candidato a senador pelo PSDC em 2010) e o ex-secretário estadual de Saúde, Adelmaro Cavalcanti, eleito vice-presidente do diretório do PDT em Natal. Também estiveram presentes diversos representantes de diretórios pedetistas no interior do Estado.
Assessoria de Imprensa
Marcos Alexandre - (84) 9612-7500

Nenhum comentário:

Postar um comentário