Publicidade

Controle Contabilidade

;

SUPER SHOW GOMES

sábado, 14 de maio de 2011

Nota ao deputado Rogério Marinho

Mensagem sinalizada Sábado, 14 de Maio de 2011 16:05

Caros jornalistas,

Encaminho esclarecimento enviado ao Jornal de Hoje em resposta à matéria do deputado Rogério Marinho que atacou toda a categoria de professores quando citou, dentre outras infelizes colocações, um "grevismo profissional". Lamentamos que o Jornal de Hoje se esquivou de nos dar espaço para nossa defesa, da mesma maneira que deu espaço para os ataques do deputado, que ao tentar desqualificar a deputada Fátima Bezerra atingiu toda uma categoria profissional.

Grata,

Fátima Cardoso
Coordenadora geral do Sinte/RN


Esclarecimento ao deputado Rogério Marinho

Discutir sobre Educação no RN com o deputado Rogério Marinho é um debate inútil, já que o parlamentar ainda carece de conteúdo e conhecimento de causa nessa área. O legado de Rogério Marinho para a Educação até hoje foi a indicação da senhora Ana Cristina e vários apoiadores dele para a Secretaria Estadual de Educação, período em que vivemos um dos piores momentos nessa pasta.

As declarações do deputado Rogério Marinho sobre as lutas dos trabalhadores em Educação de tão atrasadas chegam a assustar pelo seu conteúdo autoritário e desqualificador. Na ânsia de atacar a deputada Fátima, ele acaba atingindo de maneira desrespeitosa toda a categoria dos trabalhadores em Educação do RN.

A luta dos professores da Educação do RN é antiga e foi travada em todos os governos estaduais, desde a histórica greve de 1979. Enfrentamos ameaças, perseguições, tentativas as de desqualificação, corte de salários, violência física e repressão. Nunca desistimos. Nada nos intimidou, até porque sabemos o quanto é justa a nossa luta por salários dignos, valorização profissional e melhores condições de trabalho.

Quando o deputado Rogério Marinho fala de “grevismo profissional” e associa negativamente as greves à qualidade da Educação e à atuação da deputada Fátima Bezerra, ele está opinando sobre o que não conhece. Se não tivesse uma visão tão conservadora e míope da questão, talvez o deputado não vociferasse de forma tão virulenta contra os educadores do RN e contra personalidades como a companheira Fátima, que é parte das nossas lutas desde o início dos anos 80 e que na condição de deputada estadual e federal nos últimos 17 anos nunca virou as costas para nossa categoria e para a Educação pública. Aliás, a deputada Fátima não chegou à presidência da Comissão de Educação da Câmara Federal por acaso. É o reconhecimento nacional ao seu trabalho incansável para definir políticas estruturantes para a Educação pública.

Hoje, diferentemente do deputado Rogério Marinho que não tem o que apresentar, o currículo de Fátima na área da Educação é um orgulho para nosso Estado. A deputada é hoje uma referência nacional e chegou a essa situação com empenho, dedicação e competência. Questões como expansão dos IFRNs, Fundeb, Piso Salarial Nacional, recuperação das universidades públicas tem a participação de Fátima.

Fátima Cardoso
Coordenadora geral do Sinte/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário