Publicidade

Controle Contabilidade

;

SUPER SHOW GOMES

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Dep. federal Fátima Bezerra (PT-RN)

Comissão de Educação vai debater problemas na distribuição da merenda escolar


A presidenta da Comissão de Educação e Cultura, deputada federal Fátima Bezerra, apresentou requerimento para que a CEC realize audiência pública para debater as denúncias apresentadas ontem (8/5) no Fantástico sobre a má distribuição e má qualidade da merenda escolar nas escolas públicas brasileiras. A equipe de reportagem visitou mais de 50 escolas públicas no país e além de problemas de estocagem, deparou-se com a falta de alimentos. Mais uma vez, a prefeitura de Natal é protagonista em escândalos, pois a reportagem denunciou a falta de merenda e água nas escolas do município.

 A denúncia mostra a falta de compromisso da prefeitura com as crianças natalenses. Para as famílias mais pobres, das favelas da cidade, a merenda escolar é uma garantia de que parte das necessidades nutricionais das crianças será atendida. Ou melhor, era, pois agora a merenda escolar está em falta. Segundo uma professora da Prefeitura de Natal, entrevistada pelo Fantástico, os alunos são liberados mais cedo, pois reclamam de dor na barriga e algumas chegam a desmaiar de fome. O professor Wallace Moura denunciou, pelo twitter, que semana passada faltou merenda três dias na escola onde ensina.

 Além da falta de merenda, a equipe do Fantástico constatou comida estragada ou vencida e mau armazenamento dos alimentos, que estavam imprestáveis para consumo. Além disso, foram encontradas baratas, sapos e gatos nos depósitos de comida. Nas escolas visitadas pelo Fantástico nos mais diversos municípios do País também não estavam sendo atendidas as normas básicas para que a alimentação oferecida às crianças correspondesse a 20% das necessidades nutricionais das crianças. Não é falta de dinheiro, pois a mesma reportagem mostrou denúncias de pagamentos de propinas em diversos dos municípios visitados pela equipe do Fantástico.

 Greve dos professores

 A deputada federal Fátima Bezerra,  o deputado estadual Fernando Mineiro e o ex-deputado Júnior Souto conversaram neste sábado com a secretária de Educação Betânia Ramalho sobre a greve dos professores, que completou uma semana.

 Na sexta-feira passada, quando esteve em Mossoró para participar do debate sobre o Plano Nacional de Educação (PNE), a direção do Sinte/RN pediu a parlamentar para intermediar as negociações com o Governo do Estado. Mesmo pedido foi feito a Fátima pela governadora Rosalba Ciarlini ao encontrar a parlamentar na semana passada em Brasília.

 Na conversa com a secretária no sábado, Fátima reafirmou seu posicionamento de contribuir mediando as negociações. Ela destacou a necessidade urgente de o Governo instalar uma mesa de negociação e apresentar uma proposta concreta aos educadores. A deputada ressaltou ainda o fato de o Rio Grande do Norte não pagar o piso nacional dos professores.

Assessoria de Imprensa
Dep. Federal Fátima Bezerra - PT/RN
Pedro Filgueira - (84) 3222-1313 / (84) 8899-7236 / (84) 9165-8459
Rejane Medeiros - (61) 3215-5236 / (61) 8218-3853 / (61) 9983-5196
Zhamara Mettuza - (84) 3222-1313 / (84) 9471-2134 / (84) 8722-0213

Nenhum comentário:

Postar um comentário