Publicidade

Controle Contabilidade

;

SUPER SHOW GOMES

segunda-feira, 4 de abril de 2011


Hermano Morais faz requerimento em prol da região Metropolitana de 
Natal

Devido ao grande crescimento e expansão da Região Metropolitana de Natal, o deputado estadual Hermano Morais (PMDB), requereu a criação de uma Secretaria Especial para o Desenvolvimento da Região Metropolitana de Natal com a finalidade de realizar uma maior interação e articulação em prol do desenvolvimento da região.

A “Grande Natal”, como também é conhecida, reúne 10 municípios tornando-se uma das regiões de maior dinamismo econômico e social do Rio Grande do Norte, sendo responsável por 48% do Produto Interno Bruto do Estado. Por consequência, a Região Metropolitana tem na integração das cidades um de seus maiores problemas. O transporte coletivo, por exemplo, ainda é pouco abrangente e quase a totalidade dos equipamentos urbanos concentram-se na capital, Natal.

Segundo dados do Censo  2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a população da Grande Natal está estimada em 1 milhão 350 mil e 840 habitantes. Com isso, o requerimento do deputado Hermano Morais que sujere a criação de uma Secretaria de Estado para o desenvolvimento da Região Metropolitana garantirá maior interação na formulação de propostas e de diretrizes que promovam o desenvolvimento da referida Região.

Agenda parlamentar

Nesta terça-feira (05) o deputado estadual Hermano Morais segue, na companhia do deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB), para a capital federal, Brasília. Hermano fará visitas aos ministérios do Turismo, Agricultura e Secretaria Especial dos Portos. O deputado Hermano retorna para o estado na próxima quinta-feira (07).


Hermano agradece jornalista pelo artigo “Hermano Morais para prefeito”
Na última sexta-feira (1), o jornalista Laurence Bittencourt publicou um artigo no Jornal de Hoje defendendo o nome do deputado estadual Hermano Morais (PMDB) como candidato à Prefeitura de Natal nas eleições de 2012. O deputado agradeceu a mensagem que classificou como “generosa”, mostrando-se motivado a continuar o trabalho em prol de todo o Rio Grande do Norte diante das palavras incentivadoras do jornalista.

Leia, abaixo, o artigo publicado por Laurence e a mensagem de agradecimento de Hermano Morais.

Hermano Morais para prefeito


No próximo ano haverá eleições para prefeitos dos municípios. Em Natal já foram lançados diversos nomes, entre eles, a da ex-governadora Wilma de Faria, do ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo, do deputado Mineiro, do filho de José Agripino, Felipe Maia, como também do filho de Garibaldi Filho, Walter Alves. Interessante que quando penso nas eleições aqui do nosso Estado me vem logo à lembrança a Líbia e a Síria. Por que será?

Bom, se todos os nomes mencionados acima já foram lançados, eu como eleitor, entendo que tenho o direito de lançar também o meu, até porque quem sustenta todos eles, somos nós, os contribuintes, sempre esquecidos. Nesse caso eu tenho um candidato: o deputado estadual, Hermano Morais. Claro que quem irá decidir os reais candidatos são as Convenções partidárias, isso se o Brasil fosse uma democracia, pois aqui entre nós vale mais um sobrenome do que um currículo, e neste sentido o currículo de Hermano Morais me parece invejável.

Entendo que a preocupação maior de Hermano Morais tem sido com a educação das pessoas carentes do nosso município, que são lembradas apenas na época de eleição. É de Hermano a Lei que institui o programa municipal de material escolar distribuído gratuitamente com os alunos da rede de ensino do município de Natal. Também é dele a Lei que obriga a instalação de terminais adaptados para pessoas portadoras de deficiência física nos estabelecimentos de crédito, entre outras.

Hermano começou a trabalhar cedo. Iniciou sua vida profissional como funcionário concursado da Caixa Econômica Federal. Foi líder estudantil e militou na área sindical até seu primeiro mandato de vereador em 1992. Como político tem se portado com decência e respeito pelos recursos públicos. Pelo que eu saiba Hermano nunca se envolveu em acordos espúrios em troca de cargos ou dinheiro, qualidade rara no setor público. E pelo que se lê nos jornais diariamente os candidatos já lançados, ou quase oficiais, infelizmente não tem tido o mesmo comportamento que o dele.

Entendo que Hermano seja um bom nome para gerir os destinos da nossa cidade. Mas só isso não basta. No nosso mundo político e partidário os candidatos são escolhidos não pelo bem que ele pode fazer para sociedade, mas pelo conforto que ele pode proporcionar à classe política. Resta saber se ele conseguirá viabilizar o seu nome. 

Laurence Bittencourt, jornalista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário