Publicidade

Controle Contabilidade

;

SUPER SHOW GOMES

domingo, 10 de abril de 2011

Formula 1

Vettel vence novamente e dispara na liderança do campeonato
Alemão contou com problemas dos rivais para triunfar; Massa é quinto
Do R7

 Vettel teve um começo de prova tenso, mas dominou a metade final da prova
Nem os diversos pit stops foram capazes de parar Sebastian Vettel neste domingo (10). Pole-position do GP da Malásia, o atual campeão da Fórmula 1 repetiu o desempenho da abertura da temporada e venceu pela segunda vez do ano, disparando assim na classificação do Mundial de Pilotos, com 50 pontos conquistados entre 50 possíveis. 




Ao contrário de Melbourne, porém, o representante da Red Bull não teve vida tão fácil. Após uma boa largada, na qual manteve a primeira colocação, Vettel passou a se preocupar com a chuva no início da disputa. Ele chegou a ser seriamente ameçado por Lewis Hamilton, mas teve sorte: a água caiu em pouca quantidade e o campeão de 2008 teve problemas com os pneus, permitindo que Vettel dominasse a metade final da prova.

Hamilton, aliás, sequer conseguiu ficar com o pódio em Sepang, que acabou indo para seu companheiro de McLaren Jenson Button, responsável por ultrapassá-lo em sua terceira parada nos boxes, na 39ª volta, e para Nick Heidfeld, que o superou com extrema facilidade na 52ª volta, garantindo a terceira posição. Não sem antes tomar uma enorme pressão de Mark Webber, o quarto.

Antes, Lewis havia protagonizado uma bonita disputa com seu arqui-rival Fernando Alonso, da Ferrari, mas o espanhol se empolgou demais e, ao tentar passar o inglês, danificou a asa dianteira esquerda do carro, o que lhe obrigou novamente e parar nos boxes. Terminou assim na sexta posição.

A Ferrari, aliás, mostrou na corrida um desempenho melhor que no treino classificatório, mas ainda assim está claramente abaixo dos principais adversários. Felipe Massa teve uma boa largada e conseguiu ultrapassar Fernando Alonso de cara, mas em seu primeiro pit stop teve problemas com sua roda esquerda dianteira e perdeu a chance de lutar pelo pódio.

A cinco voltas do fim, o brasileiro foi ultrapassado por Mark Webber. Terminaria então em sexto, mas teve a sorte de ver Hamilton fazer uma parada extra nos boxes e conseguiu o quinto lugar. Hamilton, por sua vez, terminou em sétimo lugar.

O dia foi terrível também para Rubens Barrichello. Na largada, ele conseguiu apenas manter a 15ª colocação, mas sofreu um toque logo nas primeiras voltas e precisou entrar muito cedo nos boxes. Caiu então para o último lugar e acabou abandonando com problemas mecânicos na 25ª volta.

A Fórmula 1 realiza sua terceira etapa já no próximo domingo (17), com o GP da China, em Xangai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário