Publicidade

Controle Contabilidade

;

SUPER SHOW GOMES

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Carlos Eduardo afirma que pretende indicar auditor fiscal para a Secretaria de Tributação.

Assessoria de Imprensa

Marcos Alexandre - (84) 9612-7500

Foto: Alex Régis/ Ágil Fotografia

O candidato ao Governo do Estado, Carlos Eduardo (PDT), assumiu nesta terça-feira (17) o compromisso de indicar um auditor fiscal para comandar a Secretaria Estadual de Tributação, caso seja eleito. “A secretária de Tributação que eu escolhi em 2002, Maria Gorete, é auditora fiscal e permaneceu seis anos ao meu lado. Como governador, não só o meu secretário, ou a minha secretária, será um auditor fiscal, como terá autonomia para escolher todos os cargos comissionados”, garantiu ele, durante sabatina promovida na manhã desta terça pelo Sindicato dos Auditores Fiscais do Rio Grande do Norte (Sindifern).

Quando afirmou que irá “afastar a politicagem” da Secretaria, Carlos Eduardo foi bastante aplaudido pela platéia que lotou o auditório do Sindifern. Ele lembrou que o seu Programa de Governo foi elaborado por especialistas, inclusive em tributação, e que inclui investimentos na modernização da Secretaria, qualificação da política de incentivo fiscal e ingresso dos auditores em programas de pós-graduação.

Carlos Eduardo elogiou os sucessivos recordes de arrecadação da Secretaria de Tributação e disse que estava “na ponta, no meio e no fim” do novo ciclo de mudanças que pretende colocar em prática. “Os auditores fiscais e a Secretaria de Tributação são peças-chave numa administração que se pretende transformadora. Nós acreditamos que os investimentos aplicados de maneira planejada e eficiente a partir de um novo modelo de gestão podem colocar o Rio Grande do Norte no rumo certo do desenvolvimento econômico, sustentável, com menos desigualdades sociais e regionais”.

O candidato também se comprometeu em apoiar o projeto de lei que institui o teto único para os servidores estaduais de acordo com o salário dos desembargadores e que tramita na Assembléia Legislativa. Carlos Eduardo respondeu a todas as perguntas formuladas pelos auditores fiscais e detalhou seus projetos para Educação, Saúde, Segurança. Saneamento Básico e Infra-estruturar, entre outros pontos.

O encontro com os auditores fiscais foi aberto pela presidente do Sindifern, Marleide Macedo, pelo diretor jurídico Antônio Patriota, representando o presidente da Fenafisco, Rogério Maranhão, e pelo presidente da Associação dos Auditores Fiscais José Fernandes Macedo. No final, o jornalista e auditor fiscal Roberto Fontes, que mediou a sabatina, leu o recado escrito por um auditor fiscal aposentado, que se encontrava na platéia. “Estou satisfeito. Não tenho o que perguntar. O senhor está preparado para governar o Rio Grande do Norte”. Foi muito aplaudido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário