Publicidade

Controle Contabilidade

;

SUPER SHOW GOMES

quinta-feira, 29 de julho de 2010

ELEIÇÕES 2010 PESQUISA

Vox Populi: Se eleição fosse hoje Rosalba ganharia no primeiro turno.

Na pesquisa que ouviu 700 pessoas e tem margem de erro altííííssima de 3,7%, os números para Governo são os seguintes:

Pesquisa Espontânea – a que o entrevistado diz em quem quer votar, sem o entrevistador dizer quem são os candidatos:

Rosalba Ciarlini (DEM) – 37%
Iberê Ferreira (PSB) – 15%
Carlos Eduardo (PDT) – 8%

Pesquisa Estimulada – onde o entrevistados apresenta aos entrevistados quem são os candidatos.

Rosalba Ciarlini (DEM) – 53%
Iberê Ferreira (PSB) – 18%
Carlos Eduardo (PDT) – 13%

ELEIÇÕES 2010 PESQUISA

Vox Populi: Números para o Senado apontam eleição de Garibaldi e Agripino.

Os números para o Senado acabam de ser divulgados.

É a primeira rodada para senado do Instituto Vox Populi.
Eis os números:

Pesquisa Espontânea
Garibaldi Filho (PMDB) – 26%
José Agripino (DEM) – 21%
Wilma de Faria (PSB) – 16%
Hugo Manso (PT) – 1%

Pesquisa Estimulada
Garibaldi Filho (PMDB) – 35%
José Agripino (DEM) – 28%
Wilma de Faria (PSB) – 22%
Hugo Manso (PT) – 2%
Joanilson Rego (PSDC) – 1%

terça-feira, 27 de julho de 2010

AMARO SATURNINO

AMARO SATURNINO E A PREFEITA NEIDINHA ANUNCIAM APOIO A IBERÊ

O ex-prefeito Amaro Saturnino (PSDB) e a prefeita Neidinha (PSDB), de Maxaranguape, anunciaram nesta segunda-feira (26) o apoio à reeleição do governador Iberê Ferreira (PSB).

“Tomamos esta decisão pelo bem de Maxaranguape, pelo crescimento do nosso município”, anunciou o ex-prefeito.

O deputado João Maia (PR) participou da reunião em que o ex-prefeito e Neidinha anunciaram seu apoio à reeleição do governador.

“Iberê é um político sério, sincero e de compromisso. Todos nós conhecemos suas qualidades e já vimos isto nele”, disse a prefeita Neidinha.

O ex-prefeito Amaro Saturnino lembrou um gesto que mostra a ligação de Iberê com Maxaranguape: uma emenda apresentada ao Orçamento Geral da União de 2007.

Apresentada no ano anterior, pelo então deputado federal Iberê Ferreira, a emenda destinou R$ 1 milhão para a construção do novo mercado público e de duas praças, na sede do município e na comunidade Dom Marcolino.

“Decidimos apoiar a candidatura de Iberê por representar a oportunidade de continuar uma parceria pelo futuro de Maxaranguape”, justificou o ex-prefeito.

O governador Iberê agradeceu o apoio e a confiança e renovou sua certeza de que “a vitória está sendo construída a cada dia, com apoios importantes com esse que chega de Maxaranguape”.

ELEIÇÕES 2010 PESQUISA

Os candidatos a deputado estadual e federal mais citados na pesquisa do Instituto Start

O Instituto Start pesquisou a intenção de voto do eleitorado potiguar para a Assembléia Legislativa e a Câmara Federal em 36 municípios.

Confira os 31 candidatos mais citados na pesquisa para deputado estadual:
1º Luiz Almir - 2,1%
2º Tomba - 24 - 1,6%
3º Gilson Moura - 1,4%
4º Getúlio Rego - 1,3%
5º Agnelo Alves - 1,1%
6º Márcia Maia 0 0,9%
7º Claúdio Porpino - 0,7%
8º Lauro Maia - 0,75
9º Walter Alves - 0,7%
10º Vivaldo Costa - 0,7%
11º Larissa Rosado - 0,7%
12º Fernando Mineiro - 0,6%
13º Leonardo Nogueira - 0,6%
14º Antônio Jácome - 0,5%
15º Doutor Antonio Petrônio - 0,5%
16º George Soares - 0,5%
17º Gustavo Carvalho - 0,5%
18º Ezequiel Ferreira - 0,5%
19º Miguel Weber - - 0,4%
20º José Adécio - 0,4%
21º Flaviano Moreira - 0,4%
22º George - 0,4%
23º Dickson Nasser - 0,3%
24º Nelter Queiroz - 0,3%
25º Gesane Marinho - 0,3%
26º Carlos Santos - 0,3%
27º Ricardo Mota - 0,3%
28º Zé Júlio - 0,3%
29º Genivan Vale - 0,3%
30º Francisco José - 0,3%
31º Raimundo Fernandes - 0,3%

Deputado Federal

Henrique Alves – 2,7%
Fátima Bezerra - 2,7%
Fábio Faria – 2,5%
Felipe Maia – 2,2%
João Maia – 2,2%
Betinho Rosado – 1,1%
Sandra Rosado – 0,9%
Rogério Marinho – 0,8%
Tião da Lanchonete – 0,5%

É bom lembrar que pesquisa para a eleição proporcional neste momento da campanha não tem muita validade. Alguns desses nomes citados provavelmente não irão se eleger e outros que não estão nesta lista possivelmente serão eleitos.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

ELEIÇÕES 2010

Os dezesseis maiores colégios eleitorais do RN


Os candidatos com dinheiro caem em campo, os lisos ficam em casa. Essa é a regra. Infelizmente.

ELEIÇÕES 2010 PESQUISA

Mais bem avaliadas, Rosalba e Wilma são as mais rejeitadas (???)

A pesquisa do Instituto Start, que terá números completos publicados pelo Correio da Tarde de hoje, traz alguns resultados...digamos...curiosos...no item rejeição.

Para o governo, a senadora Rosalba Ciarlini, mais bem avaliada entre os 8 candidatos, aparece como a mais rejeitada.

E para o governo, a maior rejeição é para Wilma de Faria, que apresentou maior potencial de crescimento, embolando-se no meio de campo com Garibaldi e Agripino.

Eis os números de rejeição dos principais candidatos:

Em quem vocêNÃO votaria para o Governo?
Rosalba Ciarlini - 14,1%
Iberê Ferreira de Souza - 14%
Carlos Eduardo Alves - 12,4%

E em quem vocêNÃO votaria para o Senado?
Wilma de Faria - 18,1%
José Agripino - 10,4%
Garibaldi Filho - 6,4%
Hugo Manso - 5,6%

ELEIÇÕES 2010 PESQUISA

Pesquisa Start: Rosalba continua na frente e Iberê aparece em segundo
O Blog adianta os números do Instituto Start que serão publicados na edição de hoje do vespertino Correio da Tarde.

Os números básicos, vale salientar, já que o jornal, segundo seu diretor Walter Fonseca, publicará uma pesquisa completa.
Eis os números:

Para o Governo:
Rosalba Ciarlini (DEM) – 44%
Iberê Ferreira (PSB) – 24%
Carlos Eduardo (PDT) – 12%
Sandro Pimentel (PSOL) – 0,7%
Bartô – 0,2%
Roberto Ronconi – 0,1%
Simone Dutra (PSTU) - 0,1%
Leto - 0,1%

Os números deste momento pesquisado ainda não apontam um segundo turno.
Mas, dependendo do poder de crescimento de Iberê ou de Carlos Eduardo, a possibilidade não é mais tão remota quanto já foi.

sábado, 24 de julho de 2010

ELEIÇÕES 2010

Pesquisa Datafolha: Dilma e Serra empatados

Após o resultado da Vox Populi onde a petista abre vantagem de oito pontos, os números da Datafolha mostram Serra com 37% e Dilma com 36%.

Por Andréia Freitas, Com informações do G1

A corrida pela sucessão presidencial apresentou novos números na manhã deste sábado (24), na pesquisa Datafolha. A situação dos candidatos que sempre aparecem em primeiro lugar está tecnicamente empatada: José Serra (PSDB), com 37% das intenções de voto, e Dilma Rousseff (PT), com 36%. No final da noite desta sexta-feira (23), o Instituto Vox Populi também divulgou uma pesquisa onde mostra a candidata petista com vantagem de 8 pontos em relação ao tucano.

A Datafolha coloca Serra e Dilma em situações “quase” idênticas, já que a margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, ou seja, Serra pode ter entre 35% e 39% e Dilma, entre 34% e 38%.

A candidata Marina Silva (PV) aparece em terceiro lugar na pesquisa, com 10% das intenções de voto. Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) e Zé Maria (PSTU) têm 1% das intenções de voto cada um, segundo a pesquisa. Nenhum dos demais presidenciáveis (Rui Costa Pimenta, PCO, Ivan Pinheiro, PCB, Levy Fidelix, PRTB, e Eymael, PSDC) chega a 1%. Dentre os entrevistados, 10% se dizem indecisos e 4% pretendem votar em branco ou anular o voto.

Na perguntas espontâneas, onde não são apresentados nomes de candidatos, o número de indecisos sobe para 46%. A petista aparece com 21% e Serra com 16%. A pevista Marina Silva teve 4%, mesmo percentual do presidente Lula, que não é candidato, mas é citado pelos entrevistados.

No quesito rejeição, José Serra está na frente com 26% dos entrevistados que afirmaram não votar de jeito nenhum no tucano. Dilma Rousseff tem 19% no percentual de rejeição e Marina Silva vem em seguida com 13%.

O Datafolha realizou 10.905 entrevistas no período de 20 a 23 de julho, em 379 municípios. O levantamento foi encomendado pelo jornal “Folha de S.Paulo” e pela TV Globo e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral com o número 19890/2010.

FORMULA 1

Vettel supera Alonso no último momento é pole na Alemanha; Massa larga em 3º

Alemão faz a festa da torcida sendo apenas dois milésimos mais rápido que o espanhol

Sebastian Vettel acabou com a festa da Ferrari na última volta

No emocionante treino qualificatório de Fórmula 1 do Grande Prêmio da Alemanha, o mais rápido foi um piloto "da casa". O alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, superou no último instante o tempo de Fernando Alonso, depois de o espanhol da Ferrari liderar por quase todo o sábado (24).


Vettel ficou com a pole com o tempo de 1min13s791, apenas dois milésimos melhor que a marca de Alonso (1min13s793). Em terceiro, ficou Felipe Massa, com 1min14s290. O resultado confirmou a melhora do brasileiro da Ferrari, que já havia feito bons treinos livres em Hockenheim.

A escuderia vermelha mostra reação depois de não brilhar nas últimas etapas da F-1, mas a ponta novamente ficou com a Red Bull. Vettel chega à sua quinta pole do ano, igualando seu companheiro de equipe, o australiano Mark Webber. Em 2010, somente Lewis Hamilton, no Canadá, conseguiu quebrar a hegemonia da escuderia austríaca nos treinos qualificatórios. Alonso aumenta seu jejum de poles iniciado na etapa da Hungria do ano passado, quando ainda corria pela Renault.

Webber ficou em quarto, com o tempo de 1min14s347. A McLaren decepcionou, com Jenson Button em quinto (1min14s427) e Lewis Hamilton, o líder do Mundial, em sexto (1min14s566).

O brasileiro Rubens Barrichello ficou contente com o oitavo lugar, com o tempo de 1min15s109 na última sessão. O piloto mais uma vez conseguiu o seu objetivo declarado: colocar a Williams entre os dez primeiros carros do grid.


Bruno Senna, da Hispania, fez 1min18s592 e vai largar na 21ª colocação. Lucas Di Grassi, da Virgin, teve problemas com o carro e será o último na corrida. Por fim, a decepção maior do dia ficou por conta do heptacampeão Michael Schumacher, que diante de sua torcida vai sair do 11º lugar, com 1min15s026 como melhor volta.

O Grande Prêmio da Alemanha começa neste domingo (25), às 9h (de Brasília).

SELEÇÃO BRASILEIRA

Em ascensão meteórica, Mano usará fama de recuperar times em baixa na seleção brasileira

Novo treinador da seleção brasileira já recuperou Grêmio e Corinthians na carreira

Em cinco anos, Mano Menezes, de 48 anos, passou de técnico do Caxias-RS a seleção brasileira. No Grêmio e no Corinthians, times que treinou durante este período, teve uma missão: recuperar duas grandes forças do futebol brasileiro.


Com jeito disciplinador e com planejamento de longo prazo sempre, levou o time gaúcho e o paulista de volta à primeira divisão do Campeonato Brasileiro e à fama em feitos internacionais. Na seleção, o técnico também precisará das mesmas características para recuperar a equipe, eliminada nas quartas de final da Copa do Mundo.


- Foi algo que eu sempre almejei [chegar à seleção]. Aconteceu mais rápido do que eu imaginava. Mas eu acho que sempre tenho que aceitar grandes desafios. É um motivo de satisfação e orgulho.


A experiência de pouco mais de 10 anos como treinador profissional – começou no Guarani-RS em 1997 – não foi problema para Ricardo Teixeira escolhê-lo como o novo comandante da seleção.


As passagens bem-sucedidas por Grêmio – onde foi campeão da Série B, em 2005, e vice da Libertadores, em 2007 – e por Corinthians – onde também levou a segunda divisão, em 2008, e a Copa do Brasil, em 2009 – foram suficientes para seu currículo estar bem cotado a assumir o cargo que foi de Dunga nos últimos quatro anos.


O antecessor de Mano – também gaúcho e dois anos mais novo – não tinha qualquer experiência como treinador e mesmo assim foi mantido até o final pelo presidente da CBF. Criticado por essa escolha, Teixeira foi à caça de um treinador com glórias na carreira e bateu em Muricy Ramalho – tricampeão brasileiro pelo São Paulo na década de 2000.

Com a recusa do treinador do Fluminense na sexta-feira (23), a CBF escolheu Mano e conta com o estilo motivador para levantar a moral da seleção brasileira, que em 2014 terá a forte pressão de vencer a Copa do Mundo em casa e com 12 anos de jejum em títulos mundiais.

MEGA SENA

Mega-Sena acumula e prêmio já chega a R$ 22 milhões

Ninguém acertou as dezenas sorteadas e o próximo sorteio será realizado no dia 28


Ninguém acertou as dezenas do sorteio realizado neste sábado (24) do concurso 1.199, em Ipameri, Goiás. O próximo sorteio será realizado no próximo dia 28, quarta-feira e o prêmio chega a R$ 22 milhões.

As dezenas sorteadas foram: 16 - 19 - 23 - 28 - 39 - 58

Acertaram na quina 71 pessoas que receberão o prêmio de R$ 22.554,66. Na quadra foram 5.692 ganhadores que ganharão R$ 401,91 cada. O maior valor sorteado até hoje foi o da Mega-Sena da Virada, que bateu R$ 144,9 milhões, em 31 de dezembro do ano passado.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

CARLOS EDUARDO

A caminhada de Carlos Eduardo Alves com o pai Agnelo Alves pelas Rocas.

O fim de tarde e começo da noite do governadorável Carlos Eduardo Alves (PDT) foi caminhando, ao lado do candidato a senador Sávio Hackradt (PCdoB) e do pai, candidato a deputado, Agnelo Alves (PDT), pelo bairro das Rocas.

A Professora Valda (PCdoB), candidata a deputada estadual, e que tem acompanhado Carlos nas caminhadas, também foi à caminhada das Rocas.
Da chapa de federal, lá estava o candidato Maurisom (PRB).


Fotos: Assessoria de Imprensa de Carlos Eduardo


quinta-feira, 22 de julho de 2010

CARLOS EDUARDO

Campanha de Carlos Eduardo prega “Fim do Embromation” na Educação

- Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 10:45
A equipe de campanha do candidato a governador Carlos Eduardo (PDT) lançou nesta quarta-feira (21) a campanha “Fim do Embromation — Juntos pela Educação” na internet e no Twitter.
A ideia é chamar a atenção dos internautas para as propostas do candidato na área de Educação, tomando por base o fraco desempenho das escolas públicas do Rio Grande do Norte no ENEM e no Ideb, divulgado neste mês.

O “Fim do Embromation” (www.fimdoembromation.com.br) tem um vídeo oficial e um hotsite com as principais realizações na área de Educação durante a gestão de Carlos Eduardo na Prefeitura de Natal. Além das realizações, o hotsite resume os principais pontos das propostas do candidato para a educação do Rio Grande do Norte.

Em menos de três horas, a campanha conseguiu mais de 100 visualizações no vídeo e gerou debate na rede social sobre a importância do investimento na área de educação. Além do site, foi criado ainda um perfil no Twitter (@fimembromation) para os simpatizantes da campanha.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

ALGUEM CONHECE ESSA FRASE - Fazendo Acontecer

Rosalba: "Quero ser governadora para fazer acontecer na Saúde, Segurança e Educação".

A frase foi dita pela senadora-governadorável Rosalba Ciarlini na entrevista que concedeu à Rádio Cabugi.

Rosalba disse que vai construir um novo hospital em Natal; ampliar o número de UPAs em Natal; criar um Hospital de Referência e um Hospital Materno Infantil...

Disse mais uma vez que vai deixar 80% do Estado saneado...

Questionada sobre declaração de adversários de que ela iria mudar a capital do Estado para Mossoró, ela disse que há coisas mais importantes para serem pensadas.

Quando o assunto foi Segurança, a Rosa disse que irá implementar o Ronda do Quarteirão, sugerido pelo seu vice Robinson Faria, que foi conhecer o programa no Ceará.
DO BLOG: Fazendo Acontece, em Nova Cruz, essa frase tambem foi dita nos quatro cantos da cidade, então visite nossa cidade e veja o resultado.

Carlos Eduardo (PDT)

Agenda do candidato Carlos Eduardo (PDT) ao governo do estado para esta quarta (21) 8h: Caminhada na Feira do Carrasco

16h: Caminhada nas Quintas

18h: Concede entrevista ao programa “Panorama Político”, da Rádio Globo Natal

19h30: Reunião comunitária nas Quintas, em Natal

terça-feira, 20 de julho de 2010

RN terá concorrência de 7,5 candidatos por vaga na AL


São 24 vagas para o Legislativo e 181 candidatos para as eleições deste ano.
Por Marília Rocha

Foto: Vlademir Alexandre

O Rio Grande do Norte terá concorrência de 7,5 candidatos para uma vaga na Assembléia Legislativa para o pleito de 2010. Na contabilidade feita pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Estado aparece com 24 vagas para deputado estadual com 181 candidatos disputando uma cadeira.

Os pedidos de registro deferidos no Estado foram: 8 candidatos a governador, 12 para o Senado federal, 89 candidatos para o cargo de deputado federal e 181 para deputado estadual.

Os números nacionais divulgados pelo TSE apresentam Brasília como o parlamento mais disputado do país nas eleições deste ano com 24 vagas para 840 pretendentes, a capital do país terá 35 concorrentes por cadeira do Legislativo local.

A segunda eleição mais concorrida será a da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro, com 25,2 pretendentes para cada um dos 70 postos. Maior colégio eleitoral do país, São Paulo aparece apenas em terceiro, com 1.812 postulantes a 94 lugares no Legislativo, média de 19,2 por vaga.

Em Sergipe, a concorrência é de 24 vagas para 139 concorrentes, deve ter uma eleição menos disputada: serão 5,7 candidatos por vaga. Já o Piauí, tem 30 vagas com sete candidatos disputando uma cadeira.

No Nordeste, Alagoas e Ceará terão pouco mais de 11 candidatos por cadeira no Legislativo. No Centro-Oeste, Goiás é o que mais poderá se aproximar do Distrito Federal: serão quase 13 candidatos por vaga.

Na região Norte, a Assembléia mais concorrida será a de Roraima, com 24 cadeiras, onde cada vaga deve ser disputada por 16,9 candidatos. Já no Sul, o Paraná terá 11,3 concorrentes por vaga, seguido de Santa Catarina (8,8 por vaga) e Rio Grande do Sul (10,8).

TRE - TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL

TRE vai julgar 73 ações de impugnação de candidaturas


O Tribunal Regional Eleitoral(TRE) informou hoje que dos 322 pedidos e registro de candidaturas entregues à Corte entre os dias 5 e 10 de julho, 73 foram impugnados pelo Ministério Público Eleitoral.

Foram 61 impugnações contra candidatos, 6 contra partidos e 6 contra coligações.

Pediram registro no TRE 8 candidatos a governador, oito a vice-governador, 12 a senador, 12 a primeiro suplente, 12 a segundo suplente, 89 a deputado federal e 181 a deputado estadual.

Segundo o secretário judiciário do Tribunal, Alexandre Albuquerque, a previsão é que os julgamentos sejam iniciados nos próximos dias.

Primeiro devem ser julgados os pedidos de registro de coligações e partidos, com a análise dos Demonstrativos de Regularidade dos Atos Partidários (DRAPs), os chamados processos-mãe.

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Carlos Eduardo Alves:

"O Estado está precisando mais de gestão e menos política"

Fotos: Alex Régis


Carlos Eduardo foi o último candidato ouvido pelo Crea/RN

Carlos Eduardo prometeu investir em infraestrutura e reduzir em 50% os cargos comissionados


Na sua participação na sabatina do Crea/RN, na noite de ontem, o candidato da coligação “Coragem Prá Mudar”, Carlos Eduardo Alves(PDT), defendeu que o desenvolvimento da infraestrutura do Rio Grande do Norte deve estar baseado em quatro pilares: necessidade de investimentos na logística, na Educação, na estruturação dos pequenos e na austeridade da gestão.

Ele lembrou da contradição entre a concentração de riquezas naturais no Estado – citando o petróleo, gás natural, a carcinicultura, fruticultura, barrilha, calcário, sal, mel, energia renovável - e a falta de aeroporto, ferrovia e porto adequados.

“Como podemos crescer sem infraestrutura? Sem infraestrutura, não tem crescimento, não tem desenvolvimento e não tem futuro”, enfatizou Carlos Eduardo.

A construção do aeroporto de São Gonçalo do Amarante também é uma das prioridades de Carlos Eduardo.

Ele elencou outros projetos relevantes para o fomento da economia potiguar. “Nós vamos ser parceiros, entrar com a infraestrutura, com a gestão ambiental. Construirmos ferrovias que liguem o Rio Grande do Norte à Transnordestina e o porto no município de Porto do Mangue”.

O ex-prefeito de Natal acrescentou que os distritos dos municípios são “ilhas” e que é preciso investir na “logística dos pequenos”, pavimentando estradas vicinais do interior.

Aliar investimentos na educação e na infraestrutura é uma necessidade, segundo Carlos Eduardo. “A Educação é um entrave tão grande quanto a falta de água, de estradas, de energia”, ressaltou.

E acrescentou: “A educação profissional será uma das nossas prioridades. Sem educação não há desenvolvimento”.

O candidato do PDT defendeu a redução no número de cargos comissionados pela metade, austeridade na gestão e revisão de contratos.

“Este Estado está precisando de mais gestão e menos política”, declarou Carlos Eduardo, criticando os governos de Wilma de Faria(PSB) e de Iberê Ferreira(PSB).

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Carlos Eduardo

“Eu posso dar uma grande contribuição ao desenvolvimento do nosso Estado. Durante a minha vida pública, fui deputado estadual e no exercício dessa função fui líder de governo, líder de oposição, e sempre com um compromisso só: a promoção do bem comum.

No exercício do mandato de deputado estadual, nós apresentamos projetos que até hoje estão beneficiando o nosso Estado, como por exemplo o primeiro apoio à ciência e tecnologia, que foi um projeto de nossa autoria.

Como deputado, cuidamos também do dinheiro do contribuinte, ou seja, combatemos privilégios, regalias, com carros oficiais, aposentadorias precoces, e dessa forma eu creio que, no exercício dessa função, demos uma contribuição ao nosso Estado.

Depois tive uma experiência como secretário do Trabalho, Justiça e Cidadania e, à frente desta Secretaria, nós levamos a efeito projetos que estão, hoje, dando uma grande contribuição à promoção da cidadania potiguar.

Eu quero destacar aqui da Central do Cidadão. Fizemos a primeira reforma do sistema penitenciário depois de mais de 40 anos no nosso Estado. Depois, chegamos à Prefeitura de Natal e, no exercício dessa função, nós realmente conseguimos realizar muito em favor da nossa cidade.

Eu quero dizer a vocês que nós atualizamos a nossa legislação urbanística e ambiental, garantindo assim o crescimento sustentável de Natal, fizemos obras necessárias à cidade como a maternidade da Zona Norte, fizemos a Natal do Futuro, que foi a urbanização do conjunto Nossa Senhora da Apresentação.

A Natal do Futuro contemplou também o bairro de Capim Macio, um problema que se arrastava há mais de 20 anos em Natal e foi resolvido. Fizemos o Parque da Cidade, um projeto belíssimo do doutor Oscar Niemeyer. É com essa experiência, com essa vivência e também esses serviços prestados que nós nos colocamos para governar o Rio Grande do Norte e temos coragem, independência e capacidade para que possamos dar a nossa contribuição para o desenvolvimento do Rio Grande do Norte, fazendo com que esse Estado seja melhor de se viver.”

sábado, 10 de julho de 2010

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL

Eleições 2010
Divulgação de Registro de Candidaturas

RN - RIO GRANDE DO NORTE

Quantidade de pedidos de registros de candidatura efetuados até o momento:

Presidente: 0
Vice-Presidente: 0
Governador:8
Vice-Governador:8
Senador: 13
1° Suplente Senador:13
2° Suplente Senador:13
Deputado Federal: 85
Deputado Estadual: 169
Deputado Distrital: 0

Última atualização dos dados
10/07/2010 18:22:16
Versão: 1.1.1

sexta-feira, 9 de julho de 2010

PRINCESINHA DESAPARECIDA

QUEM PUDER, AJUDE.

É recente.. talvez ainda haja uma chance!

DIVULGUEM POR FAVOR!!!
Sua misericórdia se estende, de geração em geração, sobre os que o temem.
(Luc.1:50).

Peça orações por ela.
Divulguem a foto, por favor! 'EU VOS SUPLICO'

Rogério Marinho

Congresso aprova LDO 2011
Rogério Marinho garantiu maior fiscalização das obras públicas
Postado por: Lenilson Costa

A Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional aprovou na noite de ontem (07) o parecer final da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2011. A aprovação só foi possível depois de acordo firmado entre os parlamentares governistas e a oposição que reivindicava a retirada ou a alteração de itens considerados polêmicos.

Momento da coletiva que do deputado Rogerio Marinho


“Trabalhamos sempre no sentido da defesa dos interesses do estado Brasileiro e do Parlamento, resguardando as atribuições do Congresso Nacional e sua função de fiscalizar a correta aplicação dos recursos públicos no que tange à execução orçamentária e financeira do país. Aprovamos a LDO depois do acordo para que fizéssemos um pequeno reparo no artigo 95 que trata justamente das obras irregulares, porque ao lado do Tribunal de Contas da União nós teremos também o relatório do gestor da obra declarada irregular e isso será apreciado pela comissão de obras irregulares que faz parte da nossa Comissão Mista de Orçamento, mas nós pedimos para que seja estabelecido um tempo para que se o gestor não apresente seu relatório, a comissão possa se debruçar no relatório do TCU”, explicou Rogério Marinho, coordenador da bancada do PSDB na Comissão.

O relator da lei, senador Tião Viana (PT- AC), cedeu às pressões do PSDB, liderado pelo deputado federal Rogério Marinho, e DEM e retirou do texto também a permissão para realizar investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) mesmo na ausência de lei orçamentária, além de acatar a alteração no artigo que garantiu maior fiscalização das obras públicas.

Essa era uma das principais exigências feitas pelo deputado Rogério Marinho (RN). Segundo o parlamentar, da forma como estava colocado, o Tribunal de Contas da União ficaria completamente à margem de fiscalizar obras fundamentais tocadas pelas empresas do governo e que não são regidas pela Lei das Licitações. Conseguimos fazer a mudança e voltar a redação da LDO vigente, permitindo novamente que o TCU cumpra seu papel de fiscalizar o orçamento e o dinheiro público”, comemorou o deputado.

Para a senadora Lúcia Vânia (GO), 1ª vice-presidente da CMO, a atuação de Rogério Marinho foi fundamental para que a comissão chegasse a um consenso em relação aos pontos polêmicos. “A oposição foi muito bem representada e podemos defender, em primeiro lugar, as prerrogativas do Parlamento”, afirmou.

“Como oposição conseguimos trabalhar para fazer com que o papel do Parlamento seja respeitado. Os governos passam, porém o Estado e o Parlamento permanecem e por isso é necessário mantermos o equilíbrio institucional e também nossa prerrogativa de órgão fiscalizador ao lado do TCU”, concluiu Rogério Marinho.

A matéria será encaminhada ao Plenário onde deve ser votada até o final da próxima semana.

domingo, 4 de julho de 2010

NOVA CRUZ

Postado por: bloglenilsondoagreste.blogspot.com

Olha quem tá com tudo na política de Nova Cruz, é o garato Rafaelzinho que fechou apoio com o candidato a deputado Amaro Saturnino. Ele e o amigo Dureca, Afrânio Patrício, Fernando Borges e mais um grupo de amigos estão a todo vapor com Amaro.



Dureca, Fernando Borges, Amaro e Afrânio

sexta-feira, 2 de julho de 2010

POLITICA EM CAICÓ

Caicó - Lá tem vereadores de futuro...leia a notícia.

Deu no Blog de Marcos Dantas
Vereadores pedem cassação de Bibi Costa

Os vereadores Leleu Fontes (PDT), Almir Filho (PCdoB) e Cláudio Sandegi (PV), protocolaram o pedido de cassação do prefeito Bibi Costa (PR). Segundo Leleu, autor da peça jurídica, o prefeito de Caicó vem descumprindo a legislação vigente, tendo em vista os pedidos não atendidos de comparecimento do gestor ao Poder Legislativo.

No último mês de abril, o próprio Leleu havia encaminhado um convite, para que o prefeito prestasse informações em torno de obras realizadas em Caicó, como a Praça da Alimentação e Mercado Público, além dos tramites para realização do concurso público. "Explicações relevantes de ordem administrativa", disse o parlamentar.

CÂMARA MUNICIPAL DE NOVA CRUZ

PREFEITO DE NOVA CRUZ DESMORALIZA A CÂMARA MUNICIPAL MAIS UMA VEZ.

Por Lenilson Costa
Fotos:Geonardo(carioca) Presidente da Câmara, Antonio Gomes e os vereadores

Prefeito da macha ré, e não deixa secretária de saúde, nem o diretor do hospital comparecer a audiência pública da saúde... Isso é uma vergonha...